Histórico do Evento

1ª Maratona Internacional de Macau

Ano 1985

25ª Maratona Internacional de Macau

A Maratona Internacional de Macau teve início em 1981. Nesse ano, com o apoio de todos os sectores da sociedade, decorreu a "1.ª Maratona Internacional de Macau" que percorreu Macau, Taipa e Coloane, e foi muito bem acolhida, tendo recebido mais de 400 participantes. Nos primeiros anos, a Maratona Internacional de Macau contou com o apoio de vários serviços públicos, passando, em 1987, a ser organizada oficialmente pela Associação Geral de Atletismo local, em colaboração com o Instituto dos Desportos de Macau (actualmente Instituto do Desporto) criado também no mesmo ano. Em 1990, a Associação Internacional de Maratonas e Corridas de Rua (AIMS) reconheceu a Maratona Internacional de Macau e aprovou o seu percurso, elevando o evento a um novo patamar.

Com o esforço e a inovação ao longo dos anos de vários serviços públicos e da Associação Geral de Atletismo de Macau, a Maratona Internacional de Macau tem atraído todos os anos muita atenção, contando com a participação de grande número de atletas locais, de regiões vizinhas e do estrangeiro, incluindo alguns dos melhores atletas a nível mundial, torando o evento cada vez mais conhecido. Combinado elemento do desporto, turismo e cultura, a Maratona Internacional de Macau projecta a imagem de Macau como cidade desportiva e centro mundial de turismo e lazer, e promove o desenvolvimento do turismo desportivo.

A Maratona Internacional de Macau tem lugar no primeiro Domingo de Dezembro de cada ano, realizando-se este ano a sua 40.ª edição. A Galaxy Entertainment Maratona Internacional de Macau 2021 vai realizar-se no dia 5 de Dezembro do corrente ano, e incluirá três provas: a Maratona (42,195km), a Meia Maratona (21,0975km) e a Mini Maratona (cerca de 4,5km). Nos últimos anos, para que mais atletas possam participar nas provas, o número total de inscrições aumentou para 12.000. O percurso passa por edifícios com caraterísticas únicas de Macau e locais que são património mundial, e atravessa pontes Macau-Taipa, sendo fechado para que os participantes possam correr com mais segurança e, assim, alcançarem melhores resultados.